Celesc (SC) tem reajuste aprovado

Celesc (SC) tem reajuste aprovado

A distribuidora Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) teve seu reajuste tarifário aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Os novos valores são uma adequação aos custos da prestação do serviço, como a transmissão e os encargos setoriais.

Os novos valores afetam as 2,8 milhões de unidades consumidoras nos 258 municípios catarinenses atendidos pela Celesc e passaram a valer no dia 22/08.  O reajuste terá um impacto médio de 7,85% e de 7,93% para consumidores residenciais.

 

O efeito médio para consumidores de alta tensão será de 7,77%.

Para os consumidores de baixa tensão, o reajuste será de 7,9%.

 

O efeito médio da alta tensão refere-se às classes A1 (>= 230 kV), A2 (de 69 kV a 230 kV), A3 (69 kV) e A4 (de 2,3 kV a 25 kV). Para a baixa tensão, a média engloba as classes B1 (residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 [rural (subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural)]; B3 (industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio); e B4 (iluminação pública).