Eletropaulo corta custos para recuperar confiança

SÃO PAULO – Há um ano e meio, a AES Eletropaulo passa por um inferno astral. A turbulência começou em julho do ano passado, quando a distribuidora de energia teve uma redução tarifária de 9,3%, e foi acentuada em setembro do mesmo ano, com a Medida Provisória 579, que reviu os modelos de concessões no País e reduziu tarifas do setor. Desde então, as ações da companhia derreteram.

Leia mais sobre o assunto em http://economia.estadao.com.br/noticias/negocios-geral,eletropaulo-corta-custos-para-recuperar-confianca,171518,0.htm