Energisa Borborema (PB) faz o reajuste periódico de tarifas

Energisa Borborema (PB) faz o reajuste periódico de tarifas

Foi aprovada em uma reunião da diretoria da Aneel no último dia 31/01 a alteração das tarifas da Energisa Borborema Distribuidora de Energia S/A. As tarifas valem desde o dia 04/02/17 para 207 mil unidades consumidoras localizadas em Campina Grande e em outras cinco cidades do interior da Paraíba.

 

Efeito médio por grupo de consumo*           Variação (%)

Reajuste médio para alta tensão                        5,44%

Reajuste médio para baixa tensão                   -1,97%

Reajuste médio                                                       0,43%

 

O efeito médio da alta tensão refere-se às classes A1 (>= 230 kV), A2 (de 88 a 138 kV), A3 (69 kV) e A4 (de 2,3 a 25 kV). Para a baixa tensão, a média engloba as classes B1 (Residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 (Rural: subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural); B3 (industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio); e B4 (iluminação pública).

As revisões tarifárias periódicas têm como objetivo reposicionar as tarifas levando em conta os custos eficientes e os investimentos prudentes para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica, em intervalo médio de quatro anos.