Aprovada revisão tarifária da Celpe

Aprovada revisão tarifária da Celpe

No dia 25/4 foi aprovada, em reunião pública, a 4ª Revisão Tarifária Periódica da CELPE. O reajuste médio será de 7,62% e vai atingir os 3,5 milhões de unidades consumidoras atendidas pela empresa em Pernambuco. As novas tarifas passaram a valer desde 29/04/2017.

 

A variação média para as categorias de consumo será:

Alta tensão, em média (indústrias): 4,85%

Baixa tensão, em média: 8,87%

Consumidores residenciais (B1): 8,85%

 

O efeito médio da alta tensão refere-se às classes A1 (>= 230 kV), A2 (de 88 a 138 kV), A3 (69 kV) e A4 (de 2,3 a 25 kV). Para a baixa tensão, a média engloba as classes B1 (Residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 (Rural: subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural); B3 (Industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio); e B4 (Iluminação pública).

A revisão periódica das tarifas visa reposicionar os valores cobrados dos consumidores depois de analisar os custos eficientes e os investimentos prudentes para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica, em intervalo médio de quatro anos.