Sem definição, elétricas param de investir

Operadoras represam R$ 500 milhões no aguardo de decisão sobre indenizações da União no caso do pacote que reduziu a conta de luz.

BRASÍLIA – Na contramão de um esforço do governo Dilma Rousseff, um dos segmentos mais nevrálgicos para a economia está represando investimentos neste ano em reação a uma decisão do próprio governo. As empresas que operam linhas de transmissão de energia elétrica represaram quase R$ 500 milhões em investimentos ao longo deste ano, segundo dados obtidos pelo ‘Estado’ junto a associação do setor, a Abrate, e de informações colhidas junto a empresários e fontes do segmento.

14/10/13  http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,sem-definicao-eletricas-param-de-investir-,1085562,0.htm